• Asonet Ocupacional

Apenas 4,4% das empresas estão preparadas para o eSocial

Atualizado: Out 8

Você considera que sua empresa está dentre as preparadas para o eSocial? Como muitos já sabem, o sistema será obrigatório a partir de janeiro de 2018 para as empresas com faturamento maior que R$ 78 milhões em 2016. A plataforma foi criada pelo governo para unificar o envio de informações trabalhistas, fiscais e previdenciárias dos trabalhadores.

Uma pesquisa da Fenacon (Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas) mostrou que apenas 4,4% das empresas estão preparadas para o sistema. A pesquisa foi realizada com 1,33 mil empresas associadas. Os resultados do levantamento mostraram que cerca de 42,9% das empresas sequer começaram com a implantação.

Aprofundando-se mais nos dados, 29,1% iniciaram o processo e 23,7% afirmaram estar na fase intermediária. Grande parte das empresas participantes da pesquisa entrará na lista de obrigatoriedade para operar o eSocial no início de julho do próximo ano. “Os índices são preocupantes, mas precisamos considerar que há pela frente quase um ano para se adaptar”, disse Hélio Donin, diretor de educação e cultura da Fenacon.

Desde agosto, as empresas podem simular o envio das informações trabalhistas ao sistema. E isso é independente de estarem na lista das empresas obrigatórias. Porém, o número de empresas utilizando, mesmo na fase de testes, é mínimo.

É essencial que as empresas estejam preparadas para o eSocial já que o sistema será obrigatório para cerca de 15 mil empregadores. Segundo Hélio, a possibilidade de testes antes da implementação obrigatória deve contribuir para a capacitação das empresas e para a melhora desses índices.

Obstáculos

A pesquisa também apresentou as dificuldades que as empresas estão passando para implementar o sistema.

Um dos maiores motivos abordados é a necessidade de treinamento. Cerca de 58% dos participantes. Para 42,3% dos entrevistados, a principal dificuldade é repensar processos e mudar a cultura organizacional da empresa.

Pensando nisso, a Fenacon criou, em parceria com a Receita Federal, o Ministério do Trabalho e Emprego a a Caixa Econômica Federal, o Portal Árvore do Conhecimento. Nele, estão disponíveis cerca de 40 vídeos explicativos. Por exemplo, apresentando como preencher os arquivos do eSocial e os impactos da ferramenta para a Receita Federal.

Então, se sua empresa está dentre as que não estão preparadas para o eSocial, comece agora. Ss informações sobre os funcionários devem ser comunicadas em prazos curtos, sob o risco de multas. Então, procure quem entende do assunto.

Fonte: Saúde Ocupacional.

0 visualização

Siga-nos nas redes sociais

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social

©2020 - Por Asonet Ocupacional