Como o trabalho remoto impactou a saúde dos colaboradores durante a pandemia




A mudança repentina do modelo de trabalho com a adoção do home office em virtude da pandemia, pode ter ocasionado o agravamento da saúde mental dos trabalhadores. Segundo um estudo realizado pelo LinkedIn, 62% das pessoas admitem que estão mais ansiosas e estressadas do que antes da pandemia.


Já um levantamento realizado pela Associação Brasileira de Psiquiatria apontou que 82,9% dos profissionais da área identificaram o agravamento dos problemas em pacientes que já tratavam distúrbios como depressão e ansiedade. Além disso, 69% dos médicos afirmaram ter voltado a atender pacientes que já haviam recebido alta.


O dado é especialmente relevante no momento em que as empresas começam a avaliar o retorno das atividades presenciais. Porém, mesmo com o avanço da vacinação e controle da pandemia, muitos empregadores consideram adotar de forma permanente o modelo de trabalho remoto, pelo menos em parte de sua força de trabalho.


Por fim, um dado divulgado pela plataforma de saúde emocional Zenklub reforça a deterioração da saúde mental dos brasileiros com a pandemia. No primeiro semestre deste ano, o crescimento nos atendimentos prestados pelo serviço foi de 151% em comparação com 2020.


Problemas físicos

O agravamento dos problemas de saúde mental dos profissionais não é a única preocupação. Segundo a Sociedade Brasileira de Coluna (SBC), após a pandemia houve aumento no número de cirurgias dos profissionais da área.

Nos nove primeiros meses de 2021, houve crescimento de 20% em comparação com o mesmo período de 2019, período anterior às restrições impostas pelo Coronavírus. De acordo com a entidade, a redução das atividades físicas e o home office, ambas em virtude da pandemia, agravaram as condições clínicas dos pacientes.


Olá, Doutor

Para auxiliar as empresas no atendimento aos colaboradores que passam por algum momento de dificuldade de fundo psicológico, a Asonet Ocupacional oferece a plataforma Olá, Doutor.

Feita por meio de atendimento remoto, o serviço oferece desde uma segunda opinião médica até suporte em dificuldades de cunho emocional que possam prejudicar o bem-estar e o desempenho dos colaboradores.


O Olá, Doutor auxilia as empresas na gestão da saúde ocupacional. Além de garantir uma opção de atendimento ao colaborador, o serviço ajuda na redução das ausências ao trabalho e no número de consultas médicas no plano de saúde empresarial.



Entre em contato com nossos consultores e saiba mais sobre o Olá, Doutor e sobre outras formas de desenvolver ações em prol da saúde e bem-estar dos seus colaboradores.


8 visualizações0 comentário