Novembro Azul: saiba porque essa campanha mundial é tão importante



Conscientizar os homens quanto a importância da prevenção do câncer de próstata é o grande objetivo do Novembro Azul. A mobilização mundial tem como base um forte argumento: o diagnóstico precoce da doença pode representar a cura de até 90% dos casos.


Segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma, o câncer de próstata é uma doença silenciosa. Na grande maioria dos casos, os sintomas só se manifestam em estágio avançado.


Conheça neste post um pouco mais sobre o câncer de próstata e por que a sua prevenção é tão importante.


Mortalidade

No Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a cada 38 minutos um homem morre em função do câncer de próstata. Em 2020, foram 65 mil diagnósticos da doença, com quase 16 mil óbitos.


A recomendação da Sociedade Brasileira de Urologia é de que homens sem sintomas ou fatores de risco realizem os exames preventivos anualmente, a partir dos 50 anos de idade.


Entre os procedimentos que ajudam a detectar a doença estão o toque retal e o hemograma para identificar o PSA (Antígeno Prostático Específico). A partir destes exames, se houver indícios da doença, o médico pode aprofundar a investigação.


O grande desafio das autoridades de saúde, porém, é driblar o preconceito e a resistência de grande parte dos homens a se submeterem aos exames preventivos. Levantamento realizado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, um dos organizadores da campanha Novembro Azul, verificou que 62% dos brasileiros só procuram o médico quando os sintomas estão insuportáveis.


Fatores de risco

Além dos homens com 50 anos ou mais, que devem realizar exames preventivos anualmente, o câncer de próstata exige cuidados especiais dos grupos considerados de maior risco para desenvolver a doença.


Por fatores genéticos, homens negros têm maior propensão para o câncer de próstata. Também há um componente hereditário que exige atenção. Homens com três ou mais parentes de primeiro grau afetados pela doença são considerados de risco. Nestes casos, os cuidados preventivos devem se iniciar antes, aos 45 anos.


Sinais de alerta

Confira alguns sinais de alerta que podem indicar risco de câncer de próstata. Se identificar um ou mais destes sintomas, é hora de procurar um médico e realizar uma investigação:


  • Dificuldades ao urinar (sensação de que a bexiga não esvazia, dificuldade para iniciar ou interromper a urina ou gotejamento constante)

  • Dor na parte baixa das costas ou na pélvis (abaixo dos testículos)

  • Sangue na urina ou no esperma

  • Dor lombar, na bacia ou nos joelhos

  • Ejaculação dolorida

  • Sangramento pela uretra


As equipes de saúde e segurança no trabalho também tem função importante no combate ao câncer de próstata, compartilhando com os colaboradores a importância da conscientização.


Não esqueça de que o câncer de próstata é uma doença silenciosa. Oriente os colaboradores que não devem esperar o surgimento dos sintomas acima para procurar o médico. Quanto mais cedo se iniciar a prevenção, menor serão as chances de desenvolver uma forma grave da doença.

22 visualizações0 comentário