• Asonet Ocupacional

Pandemia faz crescer a procura por atendimento psicológico

O isolamento provocado pela pandemia, o medo do coronavírus e a incerteza quanto ao futuro estão se refletindo na saúde mental dos brasileiros. Desde o início da emergência sanitária em virtude do coronavírus, os serviços voltados ao atendimento psicológico vêm registrando crescimento na procura por ajuda.

De acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria, entre março e novembro de 2020, houve aumento de 25% nos atendimentos psiquiátricos. Em pesquisa realizada pela entidade, 82,9% dos profissionais da área também relatam agravamento dos sintomas dos pacientes que já estavam em tratamento.

Passar ileso por este período tão turbulento não é fácil. Mas algumas medidas podem ajudar a amenizar o efeito do estresse que a pandemia e o isolamento forçado podem ocasionar.

Dedique-se a alguma atividade que faça você relaxar Com a limitação principalmente das atividades de lazer e interação com amigos e familiares pela exigência de isolamento social, é normal que as pessoas se sintam

entediadas e sufocadas pelo ambiente pesado da pandemia. Uma forma de reduzir esta sensação é dedicar-se a alguma atividade que lhes proporcione prazer.

Você pode experimentar alguma forma de arte, aprender a cozinhar ou a dançar, por exemplo. O importante é que esta atividade tenha como único objetivo o seu relaxamento.

Fuja do excesso de informações Sim, é importante manter-se informado sobre o avanço da pandemia, sobre as medidas de proteção e as perspectivas de vacinação. Mas não é preciso ficar conectado aos noticiários 24 horas por dia. Isso não faz bem à sua saúde.

Além de não exagerar, seja criterioso na escolha das suas fontes de informação. Períodos de crise também são propensos ao surgimentos de boatos, as famosas fake news, que, na verdade só aumentam o seu estresse.

Cuide de você Reforce alguns hábitos saudáveis, como se alimentar de forma equilibrada e ter um sono de maior qualidade. Além de aumentar a sua imunidade inclusive contra o próprio coronavírus, você estará cuidando da sua saúde mental.


Se precisar, busque ajuda Se, mesmo com os cuidados acima, você ainda se sentir ansioso, com a sensação de estar perdendo o controle, busque ajuda. Não tenha medo ou vergonha de procurar auxílio profissional para entender o que está sentindo e ajudá-lo a cuidar melhor da sua saúde mental.

Olá, Doutor Clientes da Asonet Ocupacional contam com uma opção de atendimento de apoio emocional para minimizar os riscos ocasionados por fobias, medos e ansiedade. Por meio do Olá, Doutor, plataforma de telemedicina da Asonet, é possível oferecer apoio psicológico aos colaboradores da sua empresa.

Além de zelar pela integridade da sua força de trabalho, as empresas que contam com os serviços do Olá Doutor têm ganhos de produtividade, com a redução das ausências por motivos médicos. Também registram menos custos com o menor número de consultas e exames realizados por meio do plano de saúde empresarial.

Entre em contato com nossos consultores e saiba mais sobre o Olá, Doutor.

13 visualizações0 comentário