top of page

Por que a gestão de afastados é importante para o seu negócio




Sempre que um colaborador falta ao trabalho por um determinado período, o empregador precisa entrar em ação. Ao diagnosticar as causas da ausência, é preciso elaborar estratégias para reduzir sua incidência. Isso, sem deixar de zelar pela saúde e bem-estar do colaborador.


A gestão de afastados é o processo que busca acompanhar e reduzir o impacto dos afastamentos por acidentes de trabalho ou doenças laborais. Além do impacto negativo na produtividade, o afastamento gera despesas ao empregador, mesmo no período em que o colaborador recebe benefício do seguro-doença.


Entenda melhor por que é importante para a empresa a gestão de afastados:


Redução de custos

Nos afastamentos por doença laboral ou acidente de trabalho, o colaborador pode gozar do benefício do seguro-doença. Ele é pago pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) a partir do 15º dia de afastamento. Assim, o empregador fica desobrigado de pagar a remuneração ao trabalhador afastado.


Porém, há outros custos envolvidos no processo de afastamento do quais a empresa não tem como se desvencilhar. O primeiro deles refere-se aos primeiros 15 dias de ausência, que devem ser pagos integralmente.


Os benefícios oferecidos pelo empregador não são interrompidos durante o afastamento. Assim, o investimento em plano de saúde ou seguro de vida, por exemplo, devem ser mantidos. Além disso, será preciso substituir o colaborador ausente, o que deverá gerar uma nova despesa por, pelo menos, o período do afastamento.


A reincidência de acidentes também tem influência negativa no Fator Acidentário de Prevenção (FAP). Trata-se de um multiplicador que pode influenciar em algumas tarifas de tributos federais. Ou seja, empresas com muitas ocorrências de acidentes de trabalho ou doenças laborais podem ser penalizadas com a majoração de impostos.


Perda de produtividade

A ausência de um colaborador gera impacto direto na produtividade da empresa. Com a equipe reduzida, também ocorre a sobrecarga do restante da equipe, que terá que se ajustar para realizar suas tarefas.

Caso seja necessário contratar um substituto, é preciso considerar seu tempo de treinamento e adaptação. E mesmo assim, nem sempre é possível obter os mesmos resultados do time.


Gestão de Afastados - Asonet

Por meio da gestão de afastados, a Asonet Ocupacional pode auxiliar sua empresa no controle e acompanhamento dos colaboradores ausentes por acidentes de trabalho ou doença ocupacional.

Para deixar o processo de gestão de afastados na sua empresa mais eficiente, entre em contato com um de nossos consultores e saiba mais sobre o serviço.




17 visualizações0 comentário
bottom of page