top of page

Saiba a diferença entre doença ocupacional e doença do trabalho




Para zelar pela saúde e pelo bem-estar dos colaboradores da sua empresa é preciso entender os riscos aos quais eles podem ser expostos. Além da prevenção de acidentes, é preciso proteger os trabalhadores contra as doenças resultantes de sua jornada laboral. Compreender quais as origens destas patologias é essencial para criar estratégias para preveni-las ou reduzir sua incidência e severidade. A partir deste entendimento será possível elaborar estratégias mais eficazes de saúde e segurança do trabalho (SST). Existem, basicamente, dois tipos de doenças que podem acometer os colaboradores: doenças ocupacionais e doenças do trabalho. Entenda qual a diferença entre elas:


Doença ocupacional

Também chamada de doença profissional, reúne aquelas patologias diretamente relacionadas com a atividade executada pelo trabalhador. Um exemplo clássico de doença ocupacional são as lesões por esforço repetitivo (LER). Ela atinge, principalmente, profissionais que atuam em escritório, em atividades como digitação.


Também entram nesse grupo o Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho (DORT), causadas pela repetição de operações mecânicas.


Doença do trabalho

Já a doença do trabalho está relacionada com as condições ambientais as quais o trabalhador fica exposto. A causa da patologia se encontra no meio e não está ligada diretamente à atividade desempenhada.


A surdez provocada pelo trabalho em um ambiente com excesso de ruído é um exemplo claro de doença do trabalho. As doenças do trabalho podem ser classificadas em três grupos diferentes: químicas (quando há exposição a produtos químicos), biológicas (causadas por agentes como bactérias ou vírus) ou físicas (quando há exposição a fatores como calor, frio ou barulho)


Estas são as principais diferenças entre doença ocupacional e doença do trabalho. Este diagnóstico é muito importante para definir a melhor forma de proteger a saúde e o bem-estar de seus colaboradores.


Mas o diagnóstico é apenas uma parte desta tarefa. Definir as melhores estratégias de SST e aplicá-las com eficiência é fundamental. Para isso, contar com o suporte de uma consultoria com expertise na área é uma excelente iniciativa.


Com mais de 20 anos de experiência em gestão de SST, a Asonet Ocupacional pode ajudar sua empresa a estruturar e gerenciar o setor em sua empresa. Entre em contato com um de nossos consultores e saiba mais sobre como podemos ajudar.



13 visualizações0 comentário
bottom of page