Como calcular os custos de um acidente de trabalho



Os acidentes durante a jornada laboral podem comprometer a saúde e o bem-estar dos colaboradores da sua empresa. E este é um dos principais motivos para se investir em SST. Porém, quando se analisa o quanto custa um acidente de trabalho, é possível entender melhor porque é tão importante adotar ações eficientes de prevenção.


Estes custos podem variar, dependendo do tipo de ocorrência e do perfil do negócio. Em todos os casos, é importante para a empresa quantificá-los para aprimorar suas estratégias de proteção da sua mão de obra.


Neste post, vamos explicar como saber o quanto custa um acidente de trabalho em sua empresa.


Custos diretos e indiretos

De forma geral, é possível dividir as despesas com os acidentes de trabalho em dois grandes grupos: os custos diretos e os custos indiretos.


Custos diretos

Os custos diretos envolvem as despesas com os cuidados, tratamento e recuperação do colaborador acidentado. Assim, neste grupo são enquadrados os custos do atendimento médico, internações e cirurgias.


Outros gastos, como seguros, também entram no rol dos custos diretos. Quando o trabalhador acidentado tem prejuízo permanente em sua capacidade laboral, terá direito ao seguro acidente do INSS, que também se enquadra neste grupo.


Custos indiretos

No segundo grupo estão os gastos que não se relacionam diretamente com o atendimento e tratamento ao acidentado. Aqui, entram diferentes gastos que o empregador terá que realizar para suprir os efeitos do acidente.


Os custos indiretos são causados não apenas pela ausência do colaborador acidentado, que terá que ser substituído. Há também outras circunstâncias que precisam sem corrigidos, como danos em equipamentos ou perda de matérias-primas, por exemplo.


Assim, entre os custos indiretos de um acidente de trabalho podemos citar:


  • horas extras e/ou contratações temporárias

  • paralisação da produção

  • danos em máquinas e equipamentos

  • perda de produtos ou matérias-primas

  • salário do profissional afastado (primeiros quinze dias de afastamento)


Importância da prevenção

A maneira mais efetiva de se proteger contra os custos resultantes de um acidente de trabalho é evitando que ele aconteça. Para isso, é preciso elaborar políticas eficientes de saúde e segurança do trabalho. Assim, a empresa garante a integridade de seus colaboradores e do seu caixa.


Entre as medidas essenciais para evitar acidentes está o cumprimento da legislação de SST, observando, por exemplo, as orientações da Normas Regulamentadoras (NRs) pertinentes ao negócio.


Gastos com treinamento e conscientização dos colaboradores não devem ser encarados com gastos, mas como investimento. Eles ajudarão a proteger o seu negócio dos danos resultantes dos acidentes de trabalho.


Por fim, contar com a ajuda de uma consultoria especializada em SST é uma medida eficiente para garantir que suas políticas de SST serão realmente eficientes. Com mais de 20 anos de experiência no mercado, a Asonet Ocupacional pode garantir esta tranquilidade.


Entre em contato com um de nossos consultores e saiba mais sobre como podemos ajudar sua empresa a prevenir acidentes.

5 visualizações0 comentário