top of page

Prevenindo e Lidando com o Burnout no Ambiente de Trabalho


Prevenção do Burnout.
Clareza no Trabalho: Previna Burnout
Neste artigo, vamos abordar um tema de extrema relevância no ambiente de trabalho: o Burnout. O Burnout, também conhecido como Síndrome do Esgotamento Profissional, é um distúrbio emocional que pode afetar severamente a saúde mental dos trabalhadores. Vamos explorar o que é o Burnout, como ele pode ser prevenido, quem pode emitir um laudo de Burnout, e o que as empresas podem fazer para evitar essa síndrome.


O Que é Burnout Ocupacional?

O Ministério da Saúde conceitua o Burnout como um distúrbio emocional com sintomas de exaustão extrema, estresse e esgotamento físico resultante de situações de trabalho desgastante, que demandam muita competitividade ou responsabilidade.


Quem Pode Emitir Laudo de Burnout?

O diagnóstico de Burnout pode ser feito por médicos especialistas após a avaliação clínica do paciente. Os profissionais que podem abordar essa questão junto ao paciente acabam sendo os psiquiatras e os psicólogos – os quais, inclusive, podem elaborar laudo técnico para embasamento na perícia médica do INSS.


Quando o Burnout Virou CID?

Conforme as novas diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS), desde janeiro de 2022, a síndrome de Burnout é considerada uma doença ocupacional, pois foi incluída na CID-11.


Quais São os Três Pilares da Síndrome de Burnout?

Os três pilares da Síndrome Burnout, incluem exaustão emocional, despersonalização e redução da realização profissional.


O Que as Empresas Podem Fazer Para Evitar a Síndrome de Burnout?

A construção de um ambiente saudável no trabalho é fundamental para prevenir a Síndrome de Burnout nas empresas. Implementar uma cultura colaborativa e de feedback, trabalhando críticas e sugestões de maneira construtiva, é uma ação eficaz para combater a síndrome.


Prevenção do Burnout

Conforme abordado ao longo do artigo, a Síndrome de Burnout decorre do excesso de trabalho por um longo período de tempo. Esse excesso pode decorrer da cobrança de metas inatingíveis, compensação injusta, baixa remuneração, dentre outros fatores que contribuem negativamente para a saúde do trabalhador.


Auditorias Trabalhistas e Compliance

Cada vez mais, as empresas precisam contar com equipes multidisciplinares capazes de encontrar falhas na dinâmica praticada nos ambientes de trabalho. Portanto, adotar práticas como auditorias trabalhistas e compliance são poderosas ferramentas que atuam como aliados para o empregador, evitando problemas futuros.


A Importância do Ambiente de Trabalho

Um dos pontos geralmente apontados nas condenações trabalhistas é o fato da empresa não proporcionar ao empregado um ambiente de trabalho sadio para a realização das atividades. Portanto, é essencial que as empresas estejam atentas a esse aspecto.


Sintomas do Burnout

É necessário que as empresas estejam atentas a qualquer manifestação dos sintomas da Síndrome de Burnout em seus funcionários. Casos que demonstrem cansaço físico e mental excessivo, fadiga, irritabilidade, desídia no desempenho das funções precisam ser melhor investigados.


Encaminhamento Médico e Afastamento

Sendo detectado pela empresa qualquer um desses casos, é necessário encaminhar o funcionário ao setor médico para melhor avaliação. Se for constatada a doença, é necessário preencher a CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) e encaminhar o funcionário para realização de perícia ao INSS, onde será verificada a necessidade de afastamento ou não.


Estabilidade do Funcionário

Importante ressaltar que, em caso de afastamento superior a 15 dias com percepção de auxílio doença acidentário, após o retorno do colaborador, este possui estabilidade de 12 meses, não podendo ser dispensado pela empresa sob pena de pagar de forma indenizada o período complementar.


Lidar com o Burnout no ambiente de trabalho é uma responsabilidade tanto dos profissionais de Recursos Humanos quanto das empresas em geral. A prevenção e o cuidado com a saúde mental dos trabalhadores são fundamentais para promover um ambiente de trabalho saudável e produtivo.


Agora que você está ciente dos riscos do Burnout e das medidas para preveni-lo, não deixe de cuidar da saúde mental dos colaboradores e promover um ambiente de trabalho positivo e produtivo.


Agora que você está ciente dos riscos do Burnout e das medidas para preveni-lo, não deixe de cuidar da saúde mental dos colaboradores e promover um ambiente de trabalho positivo e produtivo.


Aproveite agora mesmo! Entre em contato conosco na ASONET e descubra como podemos ser a sua parceira na busca pela conformidade e bem-estar no ambiente de trabalho. Estamos aqui para ajudar a sua empresa a cuidar da saúde mental de seus colaboradores e promover um ambiente saudável. Não espere mais, clique aqui para saber mais: https://www.asonet.com.br/examemedicopcmso



O que é Síndrome de Burnout?


A Síndrome de Burnout, também conhecida como Síndrome do Esgotamento Profissional, é um distúrbio emocional causado por situações de trabalho desgastantes, que resulta em exaustão extrema, estresse e esgotamento físico.


Quem pode diagnosticar o Burnout?


Quando o Burnout foi reconhecido como doença ocupacional?


Quais são os sintomas do Burnout?


Como as empresas podem prevenir o Burnout?



4 visualizações0 comentário
bottom of page