Saiba quais os riscos do absenteísmo para a sua empresa



Uma das principais causas da perda de produtividade em qualquer empresa tem nome: trata-se do absenteísmo, definição dada a ausência dos colaboradores ao trabalho por diferentes motivos.


Além de comprometer os resultados da empresa, o absenteísmo pode provocar ainda a perda de talentos. Também afeta a imagem da empresa no mercado, o que dificulta novas contratações. Por estes motivos as empresas têm se esforçado para combater este problema.


Mas como aprimorar a gestão do absenteísmo em sua empresa e proteger sua produtividade? Prossiga na leitura deste post que é sobre isso que falaremos hoje!


O que é o absenteísmo

Todas as ausências dos colaboradores ao trabalho enquadram-se no conceito de absenteísmo. Além das faltas propriamente ditas, os atrasos e as saídas antecipadas também caracterizam o fenômeno.


Estas faltas podem ter diferentes motivos. Desde problemas de saúde a questões familiares, passando por dificuldades financeiras ou de transporte. Sempre que a ausência não se enquadra em um direto do trabalhador, como nas férias, por exemplo, ela é classificada como absenteísmo.


Quais as causas

Existem diferentes causas para que um colaborador seja ausente e, assim, turbine os índices de absenteísmo de uma empresa. Elas podem estar ligadas a problemas de relacionamento com os gestores ou colegas, por exemplo. Ou mesmo à insatisfação com a remuneração ou com o pouco reconhecimento recebido.


Problemas nas condições de trabalho também podem motivar ausências e atrasos. Falta de segurança ou de condições para desempenhar suas funções podem gerar desmotivação e, por consequência, o absenteísmo.


Quais os prejuízos do absenteísmo

Quando um ou mais colaboradores se ausenta do trabalho, a produtividade da empresa, de modo geral, pode ser afetada. Os primeiros impactos são o acúmulo de tarefas e a sobrecarga do restante da equipe. Se não for controlado, o absenteísmo pode comprometer o ambiente interno, inclusive no relacionamento dos integrantes da área ou setor afetados.


As ausências costumam comprometer a produtividade de todos os envolvidos no processo onde o colaborador se ausenta. Esta situação vai impactar negativamente a competitividade e as finanças da empresa.


Como lidar com o absenteísmo

Uma boa gestão do absenteísmo passa, inicialmente, pelo diagnóstico de suas causas. Só assim será possível traçar as estratégias mais eficazes para revertê-lo. Aprimorar a comunicação interna e reforçar a cultura da organização são importantes para manter a motivação e o engajamento. Estes, por sua vez, funcionam como um escudo contra o absenteísmo.


Reforçar as estratégias de saúde e segurança no trabalho (SST) também é essencial. Afinal, manter o bem-estar físico e emocional dos colaboradores é mais uma importante arma para combater o absenteísmo.


Não hesite em buscar ajuda especializada para evitar que o absenteísmo se torne um problema maior. Trata-se de um investimento na produtividade do seu negócio.


A Asonet Ocupacional pode contribuir para que a sua empresa tenha mais eficácia na gestão do absenteísmo. O trabalho conjunto entre as áreas de recursos humanos e de saúde ocupacional pode garantir melhores resultados.


Esta atuação deve envolver desde a identificação das causas do problema até a elaboração das estratégias para mitigá-lo. Entre em contato com um de nossos consultores e saiba como podemos ajudar.




4 visualizações0 comentário